07
Mar 09
publicado por aquiagorasempre, às 08:55link do post | comentar | |



No dia 17 de fevereiro de 1.600,um homem foi conduzido numa carreta até a praça do Campo dei Fiori em Roma.Seu nome era Giordano Bruno,frade dominicano,filósofo,teólogo e cientista.Descendo da carreta,foi amarrado a um poste cercado de enormes feixes de palha.Havia ,pouco antes,sido condenado a ser queimado vivo pelo tribunal do santo ofício,pois o desinfeliz afirmara que a terra girava em torno do sol,que a terra não era o centro do universo e que havia uma pluralidade de outros mundos além do nosso,espalhados por incontáveis sistemas,regidos por incontáveis estrelas.E Bruno ousara afirmar até o fim que assim era e não poderia trair a si mesmo.


Nunca saberemos o que passava pela cabeça de Giordano Bruno,naquela manhã de inverno romano;o que sentiu quando viu a estaca e a palha à qual seria atiçado o fogo que o consumiria vivo.Pobre Bruno.Bravo homem que teve a honra de manter suas convicções até o fim ,mesmo diante de uma dor incalculável e inenarrável.


Esse e outros milhares de horrores pontilharam a vida cotidiana dos católicos durante séculos.Ai dos que tivessem a audácia de pensar diferente!A mensagem evangélica de Jesus foi simplesmente banida e varrida de cena,em nome de supostos dogmas ortodoxos,que custasse o que custasse tinham de ser mantidos.Defesa da escravidão,do desequilíbrio social,da opressão da mulher e dos homessexuais,silêncio ante a devastação das florestas,da exploração colonial-essas foram durante séculos ,as bandeiras sangrentas da cúpula da igreja católica.


E eis que em Março de 2009,no ocidente,que supostamente teria se livrado de toda essa batelada de pavores e práticas rançosas,o sr Dom José Cardoso Sobrinho,arcebispo de Olinda e Recife vem a público excomungar uma equipe médica que praticou o aborto numa menina de nove anos,seguidamente abusada pelo padrasto.É um insulto às leis mais elementares do bom senso e dos que se dizem cristãos,afirmar como o arcebispo que "pior que o estupro,é o aborto".Desprezo grosseiro pelo sofrimento psicológico(e físico)dessa criança,que aos nove anos teve que passar por esse calvário de abuso sexual,gravidez e aborto.Desprezo pelo bom senso da humanidade,desprezo pela mãe da garota,que sua reverendíssima também excomungou.Qual era a proposta da igreja?Que ela levasse a frente essa gravidez,com riscos gravíssimos a sua própria vida,com um enorme aumento de sofrimento psicológico?


Devemos reagir,não permitir que essas pessoas coloquem uma venda em nossos olhos.Eles não são(nem nunca foram)os donos da verdade.A morte de Giordano Bruno e de milhares de outras pessoas,das "bruxas",pelos séculos afora ,devem nos dar um elemento maior de reflexão.São esses os valores de uma sociedade sã,de pessoas que trabalham,amam e tentam ser a cada dia melhores?

mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO